Covid-19 pode resultar em pandemia de transtornos psicológicos

Em um estudo realizado na USP, especialistas notaram desenvolvimento de problemas psiquiátricos após infecção

A pandemia de covid-19 pode fazer com que tenhamos que lidar com doenças de fundo psicológico no futuro. A conclusão é do médico residente do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, Rodolfo Damiano, que publicou recentemente um artigo na revista General Hospital Psychiatry sobre sequelas psiquiátricas envolvendo pacientes que se recuperaram da infecção.

O estudo avaliou 425 pacientes que apresentaram formas moderadas e graves da doença e permaneceram internados no complexo do Hospital das Clínicas-USP.

"Começamos em 2020, após a primeira onda. Naquela época, alguns estudos já começavam a apresentar incidência de transtornos neuropsiquiátricos nos pacientes com covid-19. Mas eram estudos pequenos, estudos que usavam algumas técnicas escalas não tão sofisticadas. Eram estudos majoritariamente americanos, e europeus. Não existiam estudos brasileiros com a nossa população, e não existiam estudos com a complexidade que a gente propôs", explica.

"Com certeza podemos falar de uma eventual pandemia de transtornos mentais. As questões cognitivas, que algumas vezes damos pouca atenção, têm um impacto muito grande na vida do indivíduo".

O estudo integra um projeto liderado por Graldo Busatto Filho, professor da FMUSP, onde especialistas e várias áreas acompanham eventuais sequelas da covid-19.

"Notamos uma prevalência aumentada de transtornos psiquiátricos, principalmente transtornos de ansiedade generalizada, transtorno depressivo maior, e também transtorno de estresse pós-traumático, que no caso era especificamente voltado a covid-19 em si", conta o Dr. Rodolfo.

"O que chamou mais atenção, além dos transtornos psiquiátricos que já eram esperados, foram os déficts cognitivos, que ficaram muito acima do esperado e muito acima do previsto relacionado a outras infecções virais prévias, como, por exemplo, quando houve surto de H1N1. Isso chamou muita atenção."

Mais da metade dos participantes (51%) relatou ter percebido declínio na memória. Outros 13,6 afirmaram ter passado por estresse pós-traumático, e 15,5%, ansiedade generalizada - 8,14% deles após a covid-19. Os médicos diagnosticaram depressão em 8% dos pacientes, 2,5% somente após a internação.


Bianca Campos, inocência e beleza


Rapidinhas...

 

Nome: Bianca Campos Fernandes

Idade: 24 anos

Naturalidade: Paranaense

Profissão: Digital influencer

Ídolo: Deus

Signo:  Gêmeos

Time do coração:  Palmeiras

Frase preferida: “Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte,

não terei medo de nada, pois tú, o senhor Deus, estás comigo."

Viagem dos sonhos: Ilhas Maldivas

Relacionamento:  Solteira

Instagram: @biancacamposff

Parcerias: (77) 9 9921 4762